Sobre a revista

A revista MORTAL é uma publicação independente, sem fins lucrativos, produzida de forma coletiva que se propõe a debater arte e cultura nas suas mais diferenciadas expressões.

Teatro, Literatura, Música, Cinema, Artes plásticas, Poesia, Dança, Fotografia, Cinema, HQ estão em sua pauta.

MORTAL também se destina a promover o debate político de forma apartidária, visando ampliar o foco das discussões sobre nossa sociedade.

É um periódico de vanguar¬da, que habita o mundo das publicações alterna¬tivas e que conta com grande apoio e entusiasmo de seus leitores.

Uma das principais características da revista é fornecer espaço em suas páginas para produtores culturais e artistas que não encontram em outras publicações lugar para expor suas ideias e trabalhos de forma livre.

Em suas páginas, a revista MORTAL já publicou o trabalho de escritores, ilustradores, hackers, músicos, poetas, fotógrafos, filósofos, cineastas, antropó¬logos e toda uma gama de pensadores independentes como Mário Bortolotto (dramaturgo), Allan Sieber (cartunista), tibor Moricz (Escritor), André Czarnobai – Cardoso (escritor), William Burroughs (escritor), Flávio Grão (artista Plástico), Colin Wilson, Juscelino Neco (cartunista), dentre outros artistas brasileiros.

A revista MORTAL publica entrevistas, reportagens investigativas, resenhas, contos, perfis e material iconográfico ligado a ilustração, quadrinhos, charges, fotografias etc.

Neste número a mortal traz em suas 52 páginas inúmeras matérias: texto do músico Claudio Cox sobre bandas da região do ABC que acabaram de lançar discos; artigo sobre o líder anarquista Constantino Castellani, assassinado em 1919 no centro de Santo André; reportagem no estilo gonzo jornalismo sobre a banda Sentimento Carpete; comentários sobre a banda de punk rock Cinta Liga de maiô, formada só por garotas; entrevista com o artista plástico de São Bernardo Flávio Grão; extensa cobertura sobre as manifestações ocorridas em junho; conto do escritor de ficção científica Colin Wilson; quadrinho do cartunista Juscelino Neco; artigo sobre amor livre, assinado por Punk Canibal; charge de Alex Vieira; fotonovela escrita por Rauda Graco e fotografada por Camila Visentainer; artigo de Izabel Bueno sobre a nova HQ de Sandman, dentre outras tantas matérias igualmente interessantes.

Sobre a editora Estranhos Atratores

Fundada em (2013) por Jairo Costa e Izabel Bueno, a Estranhos Atratores se propõe a publicar obras de cunho alternativo, ligadas à contracultura.
Estão nos planos da editora Estranhos Atratores publicar quadrinhos underground, material político com ênfase em movimentos sociais autonomistas, ficção científica e alternativa, ufologia, material ligado a teorias da conspiração, hacktivismo, criptozoologia e mitologia, dentre inúmeras outras temáticas que desafiam convenções, costumes, preconceitos e realidades.
O primeiro lançamento da Editora é a revista Mortal, publicação de mídia livre identificada com a contracultura. Em fevereiro de 2014, a editora pretende lançar o seu primeiro livro intitulado “Cidade BowBow”, que consiste em um volume de contos de ficção científica escritos por Rauda Graco.
Em junho, a editora confirma lançamento do livro “FOG – Enigmas, mistérios e mitos de Paranapiacaba, do Litoral Atlântico e Planalto Paulista”, de Jairo Costa.

Contatos:
E-mail: oppy@uol.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/revistamortal
https://www.facebook.com/events/536325279796280/?ref_newsfeed_story_type=regular&source=1
Fone: 99911-7169 (Jairo Costa)

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s